quarta-feira, 12 de novembro de 2014

E se fosse com você?

Bom dias meus amores, tudo bem?
Desde que criei o meu blog eu tinha em mente, que queria compartilhar nele tudo, e tentar auxiliar de alguma forma as pessoas. Então resolvi criar no blog a tag, E se fosse com você? para abordar alguns assuntos considerados "Polêmicos" ou "Tabus" e tentar fazer a minha parte por uma sociedade mais tolerante. E começando, deixo uma frase do sábio Mahatma Gandhi.


Recentemente, algo que me incomodou muito, foi a postagem sobre a enquete, que está ocorrendo na câmara dos deputados sobre a opinião se a família deve ser composta apenas do estereótipo Homem e Mulher e argumentos utilizados pelo pastor Marcos Feliciano, para que as pessoas votem. Sinceramente, não sei se essa votação descabida possa resultar em algo. Primeiramente, respeito a religião de cada um, mas dentro de um país Laico, esse tipo de enquete nem deveria existir, uma vez que a opinião dele no quesito contra, é embasada apenas em argumentos religiosos.

Respeito que, se ele acha que isso é algo errado, descabido em sua igreja ele possa não querer. Mas dai impor sua opinião religiosa, preconceituosa e digo até doentia sobre esse assunto já é algo inadmissível. 

Existe um vídeo do Drauzio Varella, que expressa toda minha opinião. O que muda na minha vida se a minha amiga tem uma namorada? Se meu amigo é casado com um homem ? Se eles são pessoas de caráter, são pessoas que devem ser respeitas igualmente, pois são seres humanos acima de qualquer coisa. Eu juro, que na minha cabeça, nunca vou entender a raiva de algumas pessoas da homossexualidade. É algo natural, orientado, pois ninguém escolhe. 
Você pode ter seus argumentos, e se você não concorda, ok? Mas de uma alguma coisa é certa, você pode não concordar, mas RESPEITAR isso é seu dever. Homofobia é crime.
Agora diante de tudo isso, sendo um homessexual sendo ser humano igual ao heteresssuxual, porque esse não deveria ter uma família? Te convido a assistir o vídeo Nossos Filhos do Põe Na Roda  onde mostra 3 famílias de homossexuais, extremamente bem, um lar estável, com carinho e amor.Onde expõe algo importante, casais gays planejam seus filhos. Eles se preparam fisicamente, psicologicamente e financeiramente para receber essas crianças. 
Ser contra o casamento ou adoção gay é muito retrocesso na humanidade. 
Se essas imagens causam raiva, ódio ou coisa sim, repense.




























Respeite as pessoas, faça sua parte. Pois quando se ofende alguém você pode estar ofendendo e machucando alguém muito próximo de você. 
Então é isso amores, querem sugestão do próximo E se fosse com você? Se você aborda algo parecido no seu blog ou canal me avise, que terei o maior prazer de ler e assistir. Um super beijo e até o próximo post.

Me sigam nas redes sociais

25 comentários:

  1. Oi lindona!
    Respeito é tudo né!
    Lindo blog amor!!

    Beijos,
    Isabella | http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada minha flor, volte sempre por aqui =)!!!

      Excluir
  2. Realmente Sá, infelizmente ainda existe pessoas preconceituosas, é muito triste isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Sá, mas fazemos a nossa parte tentando conscientizar as pessoas sobre respeito e amor né =)!

      Excluir
  3. Oi linda!
    Adoro ler posts assim com um conteúdo bacana!
    Temos que nos respeitar e respeitar o próximo sempre!
    Pois todos somos diferentes e temos personalidades diferentes!
    bjos
    www.mundo-d-moda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amiga, fico feliz que tenha gostado do post =)! Super beijo.

      Excluir
  4. Concordo com vc e com Gandhi, não podemos enxergar o mundo inteiro com a nossa lente da moral, nem todos pensam como a gente e o mundo é de todos e para todos!
    Beijos ♡
    Blog: http://carolbrasileiro.com.br/
    Fan Page: facebook/blogcarolbrasileiro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Linda, com certeza, o mundo é para todos. Super beijo minha flor!!!

      Excluir
  5. Lindo post,Sabrina!
    Como disse o Papa Francisco:
    Quem sou eu para julgar?
    Não somos nada, não temos direito algum de julgar o semelhante, o que nos importa é realmente se são pessoas do BEM !
    Bjus ,querida!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, quem somos nós para julgar. Obrigada pelo comentário amore.

      Excluir
  6. Oi Sabrina, adorei o post! Na minha opinião por mais que a pessoa não aceite a homossexualidade, ela deve respeitar. Cada um é livre para fazer suas escolhas, e se a pessoa é feliz assim, o minimo que podemos fazer é respeitar!

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza amiga, é o mínimo que podemos fazer =)!!!

      Excluir
  7. Oi minha flor,como sempre os posts do seu blog são simplesmente incríveis(amo de coração)
    Não sou ninguém para julgar as pessoas,até porque o que importante de verdade é o que levamos no nosso coração.
    Beijos flor
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie amiga, também acredito nisso, o que importa realmente é o que levamos em nosso coração. Super beijo minha linda.

      Excluir
  8. Até que enfim achei um blog diferente! Juro que a dias eu estava procurando uma na net...
    Bem que já faz tempinho que não venho aqui também...

    Bom, concordo com quase tudo do seu post..

    Nosso estado não é laico, segundo a lei deveria ser mas não é!
    A maioria das leis são baseadas na bíblia Sagrada e agora que o estado está meio que laico e meio que não. Se formos abrir mão ao casamento gay ou algo assim porque não devemos seguir nem uma bíblia e nem o costume, já que o costume de todos éra que nem aceitasse, deveremos também abrir a lei que todos podem matar, afinal, essa regra veio pela bíblia e porque é costume... Mas esse desejo nasce conosco? Assim como não tem como provar que uma pessoa não nasce com desejos Gays, não tem como provar que uma pessoa não nasce com vontade de matar. Acho que devemos ser justo, se apoiamos alguém pela vontade que ele tem, temos que apoiar o outro também... Devemos apoiar o uso das drogas, são vontades, empregos.... Mas acaba com a família! Muitos consideram que aceitar o ato homossexual acaba também, nem por isso é considerado como motivo.... Só que o ecêncial de tudo você falou no post, independente de opiniões, devemos aceitar uns aos outros e amar uns aos outros... Abrçs...

    http://menteaberttatextos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Edilson, tudo bem? Obrigada por comentar por aqui e expressar sua opinião. Acho que como disse no post, temos que respeitar a vida de cada um. Acho muito complicado dizer que pessoa não nasce com desejos Gays. Sendo hetero é facil, mas e se é gay? Todos amigos que tenho, sempre olharam e se interessaram por homens, dese sua infância, adolescência. Mas respeito e agradeço seu ponto de vista. Um abraço.

      Excluir
  9. Parabéns pelo post Sá, faz tempo que não passo por aqui né? Saudades!
    To contigo no que disse. Mais amor menos Feliciano ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sá, também estou com saudades. Não só de comentar por aqui, mas também de te ver. Saudades amore. Obrigada por comentar.

      Excluir
  10. Esse assunto é realmente bem polêmico. Acho que cada um tem que respeitar o outro independente de qualquer coisa, afinal, somos todos seres humanos, diferentes, com opniões diferentes, com gostos diferentes, com tudo, mas existe um limite nisso tudo, e esse limite é quando o direito do outro começa. É certo que na Constituição Federal diz-se que o casamento será entre o Homem e a Mulher, mas vamos repensar, se levar ao pé da letra estamos bem atrasados, pois esta foi promulgada em 88, onde o preconceito era ainda maior do que hoje. A religião, por mais que proíba de alguma forma o casamento homosexual, tem também de ter uma certa tolerância em quem aceita esse tipo de questão, visto que, seria meio estranho ver um homosexual, religiosamente fervoroso na igraja do Feliciano. Cada um escolhe o que é melhor certo? A lei infelizmente ainda não chegou nem perto da própria proposta "igualdade para todos". Aguardaremos esse dia, onde respeitar seja ainda maior do que a própria opnião.
    Ahh, agora mudando total de assunto, li a sua tag em baixo, parabéns por participar da CNB!
    Beijos!
    Identidade Aleatória

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Minha linda Andressa, obrigada por deixar sua opinião por aqui. Iremos aguardar fazendo a nossa parte, tentando conscientizar as pessoas que o amor e o respeito tem que valer mais que a a própria opinião. E sobre a CNB foi uma experiência incrível que espero ter mais vezes =). Estou adorando seus textos. Beijinhos.

      Excluir
  11. Adorei o post e teu blog,respeito e amor por favor!!!adorei teu blog e to seguindo,vem conhecer o meu...
    www.temporadapink.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Linda, fico feliz que tenha gostado =)! Vou conhecer seu blog sim, um super beijo lindeza.

      Excluir
  12. Parabéns meu amor, concordo plenamente. É uma pena pessoas q julgam preocupar-se com o bem do próximo, ter tanto trabalho em implicar com quem as pessoas se relacionam, uma vez que o problema de crianças precisarem ser adotadas ser infinitamente maior do que qualquer opinião individual. Mais uma vez, parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amor, você sempre me inspira a escrever, a falar sobre assuntos que tocam o meu coração, com certeza parte desse texto eu dedico a você, minha maior inspiração.

      Excluir
  13. Belo texto....
    Infelizmente a intolerância e o preconceito está arraigado em alguns... Mas tenho esperança em mundos melhores.

    Te adoro Sá! Grande pessoa e uma grande amiga!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, será sempre um prazer saber a sua opinião.